Cadastre-se ou faça login!

Fui comido e gostei

Olá amigos. Sou o Jaime Castro tenho 41 anos casado e até á pouco bem macho , mas as coisas mudam , à já algum tempo que sentia interesse em ver uns paus , à coisa de um mês fui com um colega fazer uma viagem de trabalho ao sul, fomos os dois no meu carro, durante a viagem falamos de várias coisas, entre elas como não podia deixar de ser de sexo, por causa da conversa quando demos por ela estavamos de paus duros, nessa altura o meu colega pergunta-me se alguma vez eu tinha feito alguma coisa com outro homem, respondi que não, ele diz-me que em jovem tinha tido umas aventuras com um amigo, que se chupavam um ao outro mas que nunca tinham passado disso, perguntei-lhe se ele tinha gostado da experiência, ele respondeu-me que sim, eu ganho coragem e conto-lhe que ultimamente andava com algum interesse em ver paus, ele pergunta-me se ficava excitado ao vê-los, digo que sim, falamos sobre o assunto bastante tempo.

Depois de almoçar-mos em Setubal fomos para Beja, durante o caminho voltou à baila o assunto, a certa altura ele pergunta-me se eu queria ver o pau dele, eu meio atrapalhado digo que sim, ele abre as calças e mostra-mo, estava duro, era lindo, grande e grosso, ele pergunta-me se lhe queria tocar, eu toco-lhe, era a primeira vez que tocava num pau que não era o meu, gostei da sensação, masturbei-o um bocado, tirei a mão e ele apalpa o meu, pede-me para lho mostrar, abro a carcela e ponho-o de fora, ele logo o agarra, massaja-mo, aquilo sabia-me mesmo bem, volto a agarrar o dele e masturbamo-nos um ao outro, um bocado mais à frente saio da estrada e páro o carro, mal páro ele diz-me que queria chupar-me, desce a cabeça e chupa, chupava que era uma delicia, pára de chupar e pergunta-me se eu não queria chupá-lo tambem, fico indeciso, digo-lhe que nunca o tinha feito que se calhar ía fazer mal, ele sorri e diz-me que não importava que se fizesse mal ele me ensinava, baixo-me e lambo-lhe a cabeça do pau, sabia bem, abro a boca e meto o pau, chupo-o, ele acaricia-me a cabeça e diz-me que afinal eu até tinha jeito, chupo-o uns 4 ou 5 minutos e páro, metemos os paus dentro das calças e arranco com o carro.

Quando chegamos a Beja fomos fazer o que tinhamos a fazer e por volta das 20h fomos para o hotel, cada qual foi para o seu quarto, tomei um banho e fomos jantar , depois de jantar fomos para o bar do hotel bebemos uns whiskys e por volta das 23h decidimos subir aos quartos, mal entramos no elevador ele abraça-me por trás e apalpa-me o pau, encosta o dele ao meu cu e roça-me, quando saímos do elevador ele pergunta-me se não queria brincar um bocado, digo que sim, vamos para o meu quarto. Pegamos numas cervejas do mini-bar e sentamo-nos a beber, ele puxa a cadeira para junto da minha e começa a apalpar-me o pau, eu apalpo o dele, abri-mos as calças e masturbamo-nos um ao outro, ele levanta-se e despe-se, eu faço o mesmo, ele senta-se e começa a chupar-me, engoli-a a minha piça toda, pára de chupar e chupo-o eu, enquanto o chupava ele começa a passar o dedo no meu cu, sabia bem, molha o dedo com cuspe e mete-mo no cu , sinto prazer, páro de o chupar, ele levanta-se e abraça-me por trás, sinto o pau a meter-se no mei das minhas nadegas e a roçar-me o cu, era gostoso, começo a sentir comichão no cu, ele fazia força contra o cu, apertava-me contra ele, diz-me ao ouvido ( queres que te foda o cu ) eu digo que sim, ele lambe a mão e passa a cuspe no meu cu, mete um dedo , volta a lamber a mão e passa-a no pau, leva-me até á mesa e dobra-me sobre ela, abre-me as nadegas e encosta o pau ao cu, começa a fazer força , sinto a cabeça do pau a começar a entrar no meu cu, era uma sensação de dor e ao mesmo tempo de prazer, ele força um pouco e a cabeça entra toda sinto uma dor forte, dou um grito, a dor vai diminuindo e começo a sentir prazer, ele começa lentamente com o vai e vem , vai enfiando o pau todo, quando enfia todo já não havia dor só prazer, era uma sensação mesmo boa, ele agarrava-me a piça enquanto me comia o cu, gemo com vontade, sinto o pau dele a inchar e a esporra dele a invadir o meu cu, era mesmo gostoso, tira a piça do cu e vira-me para ele, dá-me um beijo na boca, a esporra dele saía-me do cu sinto-a a escorrer pelas pernas, ele vira-se de cu para mim e roça-se no meu pau, faz força contra ele e diz-me ( anda come-me tu , fode-me o cu ) dobro-o sobre a mesa e ponho-lhe cuspe tambem , aponto o pau e penetro-o, ele grita, aos poucos enfio-me todo, começo o vai e vem ele geme , não aguento muito e esporro-me dentro do cu dele, tiro fora e vamos lavar-nos .

Deitamo-nos na cama a brincar com o pau um do outro, passada uma hora estavamos de paus duros, ele volta a comer-me e eu a ele . Depois deste dia não voltamos a repetir mas tenho imensa vontade.

Adicionar comentário

*  confirmacao

Meio coroa em 28/02/2011

^MUITO BOM CARA. FIQUEI COM A PIROCA DURA.

ENTRA NO MEU E.MAIL.

marcelo em 18/02/2010

nossa sempre sonhei com essa situação q bom vcs terem aproveitado to pde pau e cu duro