Cadastre-se ou faça login!

DEI PARA O FUNCIONARIO DO MEU MARIDO

Primeiramente vou me descrever, tenho 1,63 de altura 59 kg, corpinho bem gostosinho, cabelo castanho ondulado e longo, minha boca é bem carnuda e tenho uma bunda bem desejável, eu chamo a atenção dos homens. Essa história começou quando fui ajudar meu marido a enfeitar a empresa em que ele trabalha para um evento que agora não me lembro qual era. Havia várias pessoas ajudando, entre eles o vigia da empresa que era um perfeito exemplar de homem, 1,85 de altura e devia ter uns 80 kilos, um corpo bem definido, pude perceber isso , pois em dado momento ele tirou a camisa para carregar uma escada, então não pude deixar de observar e admirar aqueles braços musculosos, sem exagero, e que tinha uma tatuagem que me chamava mais a atenção ainda Sentí vontade de tocá-la. Percebí que o desejo era recíproco mas ficou só nisso, bem, só nisso não, pois aquele homem não saia de meus pensamentos. Depois desse dia, sempre arrumava um pretexto para visitar "meu marido" em seu trabalho, e sempre caprichava no visual para chamar a atenção dele, e lógico sempre conseguia, mas nunca passava disso, percebia nele muito desejo, mas também falta de coragem pois seu emprego poderia estar em jogo, assim como seu casamento pois também é casado, e isso me deixava cada dia mais louca. Um dia eu tive um surpresa, meu marido me liga bem cedo, eu estava no banho , para me avisar que meu vigia iria passar em casa para pegar uns papéis. Pronto, essa era a minha primeira e talvez a única chance que eu teria de ficar sozinha com ele, então era aquela hora ou nunca. Terminei meu banho e coloquei um shorts bem curtinho e uma blusinha de alcinha e o aguardei ansiosamente. Quando ele chegou, percebí que ele estava muito nervoso, mas esse nervosismo não o impediu de admirar meu corpo e me deixar perceber isso. Nós fomos para o quarto que era onde estava o computador, pois ainda precisaria imprimir os documentos. Estavamos ambos nervosos e desconfortáveis, até que ele falou que era perigoso estarmos alí, sozinhos e que ele não era de ferro, eu disse que não queria que ele fosse de ferro, então nos beijamos deliciosamente e ardentemente, eu não podia acreditar que aquele homem estava alí comigo, eu estava louca de tesão, suas mãos começaram a descobrir meu corpo, deslizava por tudo, com muita mais vontade nos meus seios, eu sentia sua respiração perto do meu ouvido o calor de seu corpo, ai que delícia, fui devagar abrindo sua calça, qual não foi minha surpresa ao ver que tudo aquilo era mais lindo e ainda maior do que eu imaginara, não resisti e cai de boca chupando aquele cacete, ai que delícia estava sendo tudo aquilo, chupei com tanta vontade. Logo em seguida ele tirou toda minha roupa, abriu minhas pernas e me chupou com muita vontade, até com uma certa violência, que me fez gozar pela primeira vez, eu falava para ele enquanto ele me chupava, "isso, chupa a mulher do chefe, chupa" , essas palavras fizeram com que ele chupasse com mais loucura ainda, foi onde ele me puxou com força me colocou de quatro e meteu de uma só vez,foi um sensação indescritível, aquele homem forte me possuindo daquela maneira, e eu o desafiava mais ainda dizendo " fode a mulher do teu chefe, fode com vontade"... a cada palavra minha, eram bombadas mais fortes dele, me fazendo gozar várias vezes, eu gritando e gemendo alto ,ele falava "toma sua putinha, ve se aguenta agora meu pau dentro de você, toma sua gostosa", então ele me virou de frente para ele e fizemos um delicioso papai mamãe e continuou mentendo forte, e eu falando para meter ainda mais forte, minha vontade era de ser arrombada por ele naquele momento,eu gritava e gemia alto gozando mais uma vez, foi quando ele anunciou que iria gozar, eu não podia perder aquilo, me posicionei para receber seu gozo em minha boca, e falei "quero que goze na minha boca, uma puta adora receber porra na boca, goza em mim, goza" ele mas que depressa encheu minha boca de porra, que escorria pela lateral de minha boca, ficando toda melada da porra de um macho gostoso. Pena que essa foi realmente a única vez que transamos, mas que vai ficar na memória por um bom tempo.

Adicionar comentário

*  confirmacao

Eddy em 10/02/2010

Adorei sua historia.

Pena que não foi comigo, mas imaginei sendo esse segurança e gozei bem gostoso tambem na sua boquinha (pelos menos na imaginação)

bjo gostosa safadinha .

Ninfeta em 11/01/2010

sensacional sua historia,é uma das minhas fantasias